quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Melhores Álbuns Nacionais 2: 11º-15º



Maravilha das maravilhas, quis a vida que Alexandre Soares e Ana Deus voltassem a juntar-se. Depois de com os Três Tristes Tigres terem produzido uma das obras mais notáveis da música portuguesa, voltam com o Osso Vaidoso, já não com a palavra em estado de implosão e rodeados de maquina como nos Tigres, agora só voz sublime e guitarra nervosa, às voltas com poesia de Albert Pimenta, Regina Guimarães e Valter Hugo Mãe que não foi tratada com a picareta. Primeiro capítulo de uma história que ainda vai dar muito que escrever. Assim como certamente aconterá com Joana Sá (na foto). Neste disco de estreia a solo de um terço do Powertrio, Joana parte da Alice de Lewis Carroll para um dos mais espantosos discos de música erudita editados nos últimos anos em Portugal. Piano preparado, electrónica a crepitar e um invulgar gosto pelo risco. A falta de risco do single "Página em Branco" oh-como-engana a respeito do último tomo de Jorge Palma. Um tema igual aos outros, sem inspiração particular, esconde um magnífico punhado de canções às voltas com um país suicidário e junto ao precipício da burocracia. Todo um país a espernear num derradeiro estertor levado para dentro de um disco. Verdadeiro Filho da Mãe, o guitarrista dos If Lucy Fell pegou na guitarra acústica, lembrou a sua formação clássica e mostrou que nem só de Norberto Lobo vive a inventividade solista deste rectângulo. Um dos discos mais surpreendentes do ano. Não tão surpreendente assim é que Cristina Branco tenha juntado mais uma excelente entrada à sua riquíssima discografia. Não Há Só Tango em Paris, se mais não tivesse, valia desde logo pela inteligente chamada para a sua lista de colaboradores Pedro da Silva Martins, homem dos Deolinda, que lhe compôs o belíssimo tema-título.


11º - Osso Vaidoso - Animal

12º - Joana Sá - Throught This Looking Glass

13º - Jorge Palma - Com Todo o Respeito

14º - Filho da Mãe - Palácio

15º - Cristina Branco - Não Há Só Tangos em Paris
GF

Sem comentários:

Publicar um comentário